Jab Sem Ser Contra-atacado

29 julho, 2014 29 julho, 2014 por Johnny N Ataque de Boxe, Estratégia do Boxe 2 Comentários

Jab Sem Ser Contra-atacado

O jab é supostamente sua arma mais segura. É supostamente sua arma mais rápida, e com maior alcance e te dá segurança para se aproximar o suficiente para atacar com golpes maiores.

Mas se você não conseguir lançar o jab sem ser contra-atacado, então basicamente você não tem nenhuma chance durante a luta!

Você fez sua lição de casa. Você sabe como lançar um jab. Você sabe como mover a cabeça. Você sabe como ouvir seu técnico. Você sabe como lutar e AINDA ASSIM, você é contra-atacado.

Então o que fazer?

  • Ser um brawler?
  • Correr?
  • Ou pior ainda… parar de lançar jabs??? *UGH*

Calma, não fique nervoso. Aqui está o que você deve fazer…

 

 

Você SEMPRE deve lançar o jab?

O jab poderia facilmente ser o primeiro mandamento da Bíblia dos pugilistas. É A COISA que você supostamente deve dominar como um pugilista. Meu treinador me disse que o jab é minha arma mais poderosa. Minha arma MAIS IMPORTANTE. A resposta a todos os meus problemas.

  • Quer medir a distância? LANCE UM JAB.
  • Quer acertar seu oponente? LANCE UM JAB.
  • Quer escapar? LANCE UM JAB.
  • Quer medir o tempo do seu oponente? LANCE UM JAB.
  • Quer preparar seus golpes nocauteadores? LANCE UM JAB.
  • Quer lutar contra um lutador agressivo? LANCE UM JAB.
  • Quer lutar contra um lutador ágil? LANCE UM JAB.
  • Lutador mais baixo? JAB
  • Mais alto? JAB
  • Mais rápido? JAB
  • Mais lento? JAB
  • Não tem certeza do que fazer? JAB!

JAB JAB JAB. Aqui estava a solução para todos os meus problemas, supostamente versátil suficiente para se encaixar em QUALQUER situação. E estava me fazendo perder!

  • Quando eu lançava um jab indo para frente, era contra-atacado.
  • Quando eu me distanciava lançando um jab, meu oponente me seguia e me desequilibrava.
  • Quando eu lançava um jab parado, meu oponente devolvia com golpes mais pesados.
  • Mesmo quando eu acertava meu jab, não causava nenhum efeito.
  • Lançar um jab contra um brawler era como levar uma faca para uma luta contra armas de fogo.

E depois de um tempo, eu simplesmente desistia. Eu ficava com medo de ser contra-atacado. Eu tive tanta resposta negativa que perdi toda minha fé na minha arma espetacular. Então eu parei de lançar o jab. E então adivinhe o que meu treinador gritou — LANCE O JAB JOHNNY! LANCE O JAB! VOCÊ ESTÁ PERDENDO PORQUE NÃO ESTÁ LANÇANDO O JAB! LANCE O JAB!

Eu queria deixar meu treinador feliz, mas eu não queria apanhar. E então eu lançava jabs meia-boca… e cara, aquilo se tornou uma ideia ainda pior. Jabs mal lançados são ainda piores do que não lançar nenhum porque além de estar desperdiçando energia lançando um golpe que não machuca, você está momentaneamente se expondo a contra-ataques.

Oh, o que fazer, O QUE FAZER?!

 

 

Por que você está sendo contra-atacado quando lança o jab?

O problema pode ser sua técnica, sua estratégia ou a forma como você ataca… ou talvez, seu oponente é apenas muito melhor que você. Considerando todas as possibilidades, existe uma grande chance de que você esteja fazendo algo que sempre permite o contra-ataque. Melhor ainda, provavelmente você está FACILITANDO o contra-ataque.

 

Erros Comuns no Jab

Telegrafar

Eu tive que começar por esse porque provavelmente é a principal razão pela qual seus jabs estão sendo contra-atacados. Veja, não importa O QUE você faça, você será contra-atacado se você fizer QUALQUER COISA previsível. Você pode ter o jab mais rápido do mundo e AINDA ASSIM, você será contra-atacado se seu oponente souber que você vai golpear.

Então o que eu sugiro? Faça mudanças. Arme seu jab em locais diferentes. Ou lance em momentos diferentes. Lance seus jabs em posições diferentes. Ou mova-se um pouco antes de lançar o jab. Ou faça uma finta antes do jab. Ou melhor ainda… NÃO COMECE SEMPRE COM UM JAB!

O principal motivo de seu jab ser CONTRA-ATACADO:
você está sendo PREVISÍVEL.

 

Acompanhando o jab com a cabeça

Mantenha sua cabeça atrás do ombro quando lançar um jab. Não a mova para frente. Alcance o oponente com seu braço, não com a cabeça. Analise sua postura no espelho lançando um jab. Se a parte superior do seu corpo está se inclinando mesmo que minimamente, isto dará ao seu oponente um ângulo para um uppercut quando você lançar o jab, então basicamente você está movendo sua cabeça para mais perto dele. É um grande erro (a não ser que você saiba exatamente o que está fazendo) e você vai levar um belo direto por causa disso.

 

Muito lento

Eu não diria que é muito lento porque você é um lutador lento, mas talvez você esteja fazendo algo que está causando certa lentidão em seus jabs. Um exemplo é ter muita tensão. Outro seria uma técnica pobre para o jab. Como por exemplo tentar “empurrar” o jab ao invés de usar o efeito chicote. Outro erro dos iniciantes é tentar rotacionar os quadris e os ombros para obter mais força.

Qualquer coisa que você utilizar para aumentar o poder pode diminuir drasticamente a velocidade do seu jab, e ESPECIALMENTE diminuir a velocidade do seu jab duplo. Este movimento extra não irá apenas deixar seu jab mais lento mas irá telegrafar seu movimento ainda mais no final diminuir a velocidade do seu braço resultando em jabs ainda mais lentos em rounds posteriores.

Eu não vou usar esse artigo para falar sobre técnicas do jab mas você definitivamente deve aperfeiçoar a técnica do seu jab para ter um golpe o mais rápido e funcional possível.

 

Não atingir o jab

Este é bem engraçado, na verdade. Geralmente os caras que tem os jabs contra-atacados são os que não estão nem mesmo lançando jabs. Vamos mudar o ponto de vista por um minuto. Imagine que você é o cara sendo atacado por um jab. Para você contra-atacar, primeiro você precisa processar o ataque certo? Você precisa ter cuidado com o jab, então bolar um plano para se esquivar e por último um plano para lançar seu próprio ataque de volta.

Bem, se o cara que está lançando o jab em você não está realmente te acertando. Então você não precisa se preocupar. Você não se preocupa com a força, não se preocupa se vai ou não te atingir, você irá ignorar o jab e atacar diretamente através dele. Bem, em primeiro lugar isto é exatamente o que irá acontecer se você for o cara que não lança um bom jab.

Primeiramente você precisa lançar um jab de verdade. Você precisa ter algum propósito, alguma força (bem pouca), algo para fazer seu oponente se preocupar com seu jab ao invés de pensar sobre o contra-ataque. Seu jab precisa chamar a atenção de seu oponente. Se tudo que você está fazendo é lançando um jab de cada vez ou sempre correndo para a direita quando lança um jab, você está basicamente avisando, “eu não tenho a intenção de lutar; você está livre para me atacar da forma como quiser porque eu estou muito assustado para lançar qualquer golpe de verdade em você.”

Agora atingir o jab pode ser a parte mais confusa. Porque aqui eu estou te dizendo para você atingir. Mas por outro lado, você precisa puxar a mão rapidamente para não ser contra-atacado. Então por quanto tempo você deixa sua mão lá? Eu digo, deixe aquela fração de segundo suficiente para atingir o jab. E então traga a mão de volta. Ou você pode tentar usar um jab rápido.

Basicamente sua mão estará indo, voltando, ou parando no lugar. Mas você não pode fazer os 3 ao mesmo tempo. Isto é o que muitos principiantes tentam fazer. Eles tentam lançar um golpe enquanto tentam trazer a mão de volta e defender o rosto tudo ao mesmo tempo. É impossível. O que quer que você faça, termine, e então faça algo mais.

 

Técnica pobre

Um bom jab deve ter um pouco de velocidade, não pode ser telegrafado, recuperar rápido, e ter um pequeno estouro nele. Se a técnica do seu jab é pobre, você perceberá que ele deixa a desejar em uma das quatro áreas que eu acabei de mencionar. O ideal é que seu jab seja rápido o suficiente para surpreender seu oponente e acertar forte o suficiente para deixá-lo preocupado. Se seu oponente não está com medo do seu jab, existe uma grande chace de que sua técnica está deixando seu jab mais lento e tornando-o muito previsível ou deixando-o mais fraco.

Claro que existe muito mais coisas no jab do que apenas essas qualidades listadas acima. Ele precisa ser bem preparado, ser preciso, e lançado de maneira inteligente. Apenas lançá-lo não é o suficiente. UM BOM jab é aquele que você acerta.

Como saber se seu jab é bom o suficiente? A maneira mais fácil é ver se ele funciona. Se ele atinge seu oponente e controla a luta. E se você tem confiança nele. Como você sabe se seu jab é competitivo? Vá a uma academia de boxe e veja como os lutadores mais experientes usam o jab.

Se você nunca viu um profissional usar o jab pelo seus próprios olhos, como você pode SABER o que é um bom jab?

 

 

Diferentes Maneiras de Atacar com o Jab

Altere o momento do seu jab

Esta é uma grande dica. Muitos caras vão lá e apenas lançam o jab a cada 3 segundos como um golpe padrão para medir a distância. O round começa. Ele anda até o centro e toca as luvas. Ele volta, anda ao redor lateralmente, então vai em direção ao adversário e lança um jab de teste. Eu juro que parecem robôs auto programados pela mesma escola de boxe ou algo assim.

De vez em quando, você pega um cara esperto que NÃO lança esse primeiro jab. Ou um cara que vem com um grande contra ataque de direita ou um contra ataque com um cruzado naquele jab auto programado. E as vezes até mesmo interrupções ocorrem dessa forma.

Agora imagine essa situação duplicada em uma dúzia de eventos no boxe. Aqui estão alguns momentos comuns para o jab que eu me lembro de cabeça:

  • logo no começo da luta (para medir a distância)
  • a qualquer momento em que há distância entre os lutadores e eles se aproximam (para medir a distância)
  • a qualquer momento que um dos caras começam a lançar jabs (o outro se lembra de lançar seus próprios jabs)
  • depois de circular pelas cordas
  • quando 2 caras estão se posicionando e usando um monte de movimentos com a cabeça
  • quando um cara expõe sua cabeça após usar a guarda alta
  • quando um cara fica parado (o outro quer “testar” a guarda)

 

Tente mudar esses momentos comuns para esses momentos incomuns:

  • logo após lançar uma combinação
  • enquanto faz o trabalho de pernas e se movimenta como se estivesse saindo do alcance
  • quando sua cabeça está se esquivando para um lado não parece que você irá lançar o jab
  • quando você estiver agachado
  • quando seu oponente está se movendo (use o jab ou tente forçá-lo a parar)
  • logo após ele lançar um direto

O grande problema é lançar um jab quando seu oponente está preparado para isso. Então você deve atacar quando é pouco provável que ele irá te contra-atacar. Como por exemplo quando ele está girando em volta de si mesmo, ou quando ele já lançou um direto e não retornou a mão ainda e não poderá te contra-atacar por enquanto.

 

Use uma finta

Ao invés de lançar um jab diretamente. Use uma finta para distrair seu oponente e ENTÃO lance o jab. Ou finja um jab e lance qualquer outra coisa. Fingir o jab é uma das maneiras mais rápidas de ensinar seu oponente que ele não deve se concentrar muito em seu jab.

 

Use jabs diferentes

Lance jabs rápidos mas fracos. Você pode até tentar estender mais seu braço fazendo o jab parecer mais como um toque. Se você não for capaz de tocar seu adversário, é importante tentar fazer contato com ele para quebrar seu ritmo. Nenhum lutador gosta de ser tocado em lugar algum. Você pode incomodá-lo até mesmo tocando constantemente seu braço.

 

Mire em alvos diferentes

É muito importante que seu jab acerte alguma coisa se você quer dificultar o contra-ataque de seu adversário. Você precisa acertar seu rosto, corpo ou alguma coisa. Não mire sempre no mesmo lugar. Mire em locais diferentes para que ele tenha que se preocupar mais, isto fará com que seja mais difícil prever seu golpe e ele terá menos tempo para contra-atacar.

É importante que você não mire muito na cabeça. Todo lutador está acostumado a ser atacado na cabeça. E se você está sempre mirando onde ele pensa que você está, isto apena irá facilitar para que ele arme armadilhas para você. Tente mirar no peito, no corpo ou mesmo no braço ou no ombro.

 

Movimentos com a cabeça

Movimente sua cabeça quando lançar um jab. Não a deixe apenas para cima. Você pode fazer uma esquiva rápida para o lado, ou se curvar levemente enquanto lança o jab. Ou melhor ainda, começar com sua cabeça levemente para o lado, e então trazê-la para o centro quando você atacar com o jab. Basicamente… sua cabeça precisa se mover se ele armar um contra-ataque diretamente nela.

 

Avance com o jab

Esta dica pode ser excelente ou péssima, dependendo de como você utilizar. Se você está apenas avançando por trás de um jab, você será atingido com força se ele trocar para um golpe forte.

Por outro lado, se você está usando isso como tática, esperar o momento certo, e então avançar diretamente com um jab forte… isto é perfeito para forçar seu adversário a perder o equilíbrio, o que torna difícil para ele contra-atacar. Como eu disse, essa dica pode ajudar muito ou atrapalhar, dependendo de como for utilizada.

 

Foque em seu segundo golpe, não no jab

Mais cedo eu mencionei sobre atingir seu oponente com o jab e agora eu vou dizer o contrário. Tente focar em seu SEGUNDO golpe ao invés do jab. Por exemplo, foque no direto que virá logo após o jab. Ou no cruzado depois do jab. Isto te ajuda de várias maneiras… primeiro seu oponente irá sempre focar em seus golpes mais fortes e não irá prestar atenção em seu jab.

Ninguém irá tentar contra-atacar seu jab se perceber que você está tentando acertar outro golpe.

Existe ainda outra opção para seu segundo golpe—-lançar outro jab! Sim, dois jabs rápidos irá atrapalhar seu oponente se você lançá-los de forma significativa. Velocidade, força, alcance… use o jab duplo! Eu sei que é assustador lançar dois jabs quando você não tem confiança nem mesmo para lançar um. Mas tente, e pra valer!

 

Contra-ataque suas manobras defensivas

Se você sabe como seu oponente vai bloquear, esquivar, pendular ou defender… tenha certeza de ter uma resposta para isso.

Você tem muitas opções caso ele defenda seu jab:

  • Se ele bloquear – tenha seu direto preparado para atravessar a guarda se ele abrir para contra-atacar. Ou apenas fique pronto para se esquivar do contra-ataque.
  • Se ele bloquear ou se esquivar – converta seu jab em um rápido cruzado. Muito útil se ele defender com a mão direita.
  • Se ele tentar avançar depois de bloquear ou esquivar seu contra-ataque – use sua mão para empurrá-lo para trás. Isto pode ser mais fácil do que tentar recolher o braço rápido o suficiente para defender o contra-ataque.
  • Se ele pendular ou se esquivar por baixo do seu jab – use sua mão ou seu antebraço para empurrar a cabeça dele para baixo enquanto você se distancia.
  • Se ele se esquivar para uma nova posição – mire seu direto para a nova posição da cabeça ou mesmo do corpo dele.

 

Contra-ataque o contra-ataque

Vamos supor que seja IMPOSSÍVEL para você lançar um jab sem ser contra-atacado, bem, nesse caso… CONTRA-ATAQUE O CONTRA-ATAQUE DELE!

Geralmente seu oponente terá 3 possíveis contra-ataques para seu jab… procure por eles:

  • o jab
  • o direto
  • o cruzado

Para qualquer um que ele usar, provavelmente você conhece um contra-ataque, certo? E se você for esperto, você pode até mesmo fingir um jab, e então contra-atacar o contra-ataque. Agora vou deixá-lo quebrar a cabeça sobre isso.

 

Deixe ele atacar primeiro

Sério, não seja sempre o primeiro a atacar. Você ainda pode ser agressivo… colocando pressão nele constantemente. Siga-o pelo ringue, finte bastante, use o trabalho de pernas de forma agressiva. Mas então, não ataque até que ele faça o primeiro movimento. Pressione bastante e ele eventualmente terá alguma coisa preparada para você.

 

 

Mudar a Estratégia do Seu Jab

Eu acho que o maior problema relacionado ao jab está relacionado mentalidade por trás do uso que é ensinado aos lutadores. Muitos lutadores, se não todos, são instruídos que o jab é a arma mais importante de todas e a qual prepara todos os outros golpes. E que eles precisam trabalhar mais o jab. E que eles precisam lançar mais jabs.

E enquanto eu não discordo desse ensinamento comum, eu discordo dos resultados que ele cria. Lutadores começam a pensar em termos de quantidade o invés de qualidade. Eles tentam lançar mais jabs simplesmente porque “o jab é a arma mais importante”. Concordo, eles lançam jabs mais rápidos e fortes, mas sem propósito e sem entender realmente PORQUE o jab é importante, e O QUE torna o jab útil.

Eu me lembro de Andre Ward dizendo uma vez, “Hoje em dia todos são instruídos que tudo parte do jab. Mas isso não é como eu fui instruído. Eu aprendi que tudo parte da finta.”

E eu concordo completamente com o que ele disse. Eu, também, fui apresentado ao jab em primeiro lugar: LANCE O JAB DE QUALQUER FORMA! Sempre lance um jab. Jab jab jab. Tudo jab. Lance jab até a morte!

Ultimamente, eu acho que não é tanto o impacto que torna o jab mortal, mas a ameaça do lutador estabelecer o alcance, fazer contato, e encaixar golpes mais fortes que tornam o jab mortal. Esta “AMEAÇA” é o que torna seu jab mais poderoso (ou assustador) para contra-atacar. Sempre que você lançar um jab… apenas se lembre de ameaçar com mais do que velocidade e força.

A ameaça do jab é talvez
mais perigoso do que o jab em si.

boxing ebook Advanced Boxing Techniques A Dieta de 30 Dias dos Lutadores
Aprendeu alguma coisa? Compartilhe!



2 Comentários

gustavo abril 13, 2016 às 7:48 am

to adorando o expertboxing,pfvor gostaria que traduzissem como escolher seu estilo de luta,pfvor to precisando mt

Resposta

Fábio abril 14, 2016 às 9:14 am

Gustavo, assim que possível vou tentar atender seu pedido, eu não sei quantas pessoas estão encarregadas na tradução para o português, mas eu estou meio enrolado esse ano, então estou meio devagar com as traduções, mas vou ver o que consigo fazer.

Resposta

Deixe um Comentário

Compartilhe sua opinião com outros boxeadores. Por favor, seja respeitoso.
Emails nunca serão publicados ou compartilhados.
Quer seu próprio avatar nos comentários? Faça um Gravatar!

Post anterior:

Post seguinte:

Copyright © 2008-2013 Como Boxear | ExpertBoxing. All rights reserved