Como Derrotar Quem Luta Abaixado ou Pendula Muito – “Ducker”

17 julho, 2015 17 julho, 2015 por Johnny N Estilos de Boxe, Estratégia do Boxe 2 Comentários

Como Derrotar Quem Luta Abaixado ou Pendula Muito – “Ducker”

Lutar contra um cara que está sempre abaixado pode ser muito irritante!

Primeiro de tudo, perder por si só já é irritante. Mas perder sempre porque um cara fica movendo sua cabeça perto de seu quadril é frustrante! Alguns deles usam qualquer chance para pendular e sair da luta te clinchando pela cintura. Outros ficam sempre posicionados de um jeito que dificulta muito para acertá-los. Isso parece sujeira e é atualmente contra as regras se posicionar a essa altura.

O mais difícil é quando se trata de um escorregadio com muito movimento de cabeça e contra-ataques precisos (pense em Pernell Whitaker). O mais assustador é quando se trata duma “montanha de músculos” que arrasa com contra-golpes duros (pense em Mike Tyson).

Eu enfrentei todos os tipos de duckers e, para ser sincero, cumpri bem meu papel! 🙂 Eu bolei algumas táticas que tem me ajudado ao longo dos anos e que dissuadiram esses caras a pendularem com tanta frequência. [Obs. Para efeitos de compreensão, não tentaremos traduzir o termo “ducker”.]

Aqui está como parar um ducker:

 

O QUE NÃO FAZER CONTRA DUCKERS

Não tente acertar sua cabeça!

Honestamente, este é um dos mais velhos truques. E geralmente é um conjunto de coisas. Provavelmente você vai errar (e parecer um bobo) e ficar cansado ou ainda pior, ser duramente contra-atacado. Quando você vir sua cabeça baixando tente resistir ao impulso de acertar o alvo óbvio. Há uma grande chance dele surgir com um duro contra-ataque.

 

Tenha cuidado com a mudança de altura

ducker-angle-1

O ducker não está tentando lutar contigo no mesmo ângulo.

 

ducker-angle-2

O ducker está tentando te convencer a usar golpes para baixo e assim poder emergir!

 

O QUE FAZER contra DUCKERS

Controle sua cabeça

Este movimento funciona melhor quando a cabeça do oponente está baixa e ele está ainda mais distante e/ou tentando se aproximar com a cabeça baixa. Pode esperar que ele está te provocando a golpear primeiro para esquivar e te golpear de cima.

Use sua luva da frente sobre sua cabeça e a empurre pra baixo ou a guie para longe de você. Pode ser com tua mão ou com teu antebraço. Quando sua cabeça estiver presa lá embaixo não poderá subir para te golpear! Apenas pense que para um lutador te socar tem que balançar a cabeça para você. Então se você puder evitar que sua cabeça se mova em tua direção, provavelmente evitará que ele te golpeie.

Controle sua cabeça e poderá controlar seus socos.

 

Se apoie nele

Este movimento funciona quando o oponente está bem perto e tentando clinchar ou tentando se mover em torno de você por qualquer razão. Isso também acontece quando você está atacando fortemente e ao invés de entrar na luta ele tenta escapar pendulando.

Tudo o que tem de fazer é inclinar teu tronco sobre o alto da cabeça do oponente ou suas costas (dependendo de quão baixo ou quão inclinado ele esteja) e deixar o peso do teu corpo cansá-lo. Você provavelmente será capaz de se sair com poucos segundos antes do juiz te parar. Isso também te ajuda a não segurá-lo com teus braços, e ainda melhor — atacá-lo com pequenos socos enquanto realiza a manobra para parecer que você o está atacando e não participando de um clinch.

Se apoiar no oponente quando ele se inclinar.

 

Lançar golpes ao corpo

Muito frequentemente a melhor coisa a fazer quando ele se abaixa é soltar uppercuts e hooks EM SEU CORPO (não na cabeça). Esta é uma grande ideia porque ele está esperando que você mire sua cabeça (o que arma seu contra-ataque) mas ao invés você mira seu corpo. Lançar golpes no corpo também acertará seus braços pois ele será forçado a se defender e será menos provável que lance um contra-golpe. Nem precisa ficar ansioso. Ele é o único preso numa posição mais distante para atacar. Não tenha pressa e mire um duro uppercut em seu plexo solar (boca do estômago) ou soltar um cruzado no lado mais distante e inesperado de seu corpo.

Mire no corpo desses caras ao invés da cabeça.

 

Aplique uma sequência rápida

Aqui está tua chance de lançar sequências rápidas com jogo de pernas e ganhar alguns pontos. Lance um bocado de pequenos socos em sua cabeça, ombros, corpo, qualquer lugar onde você possa mirar. Ele é o único preso à uma posição. Você pode até não causar tanto dano mas pode marcar alguns pontos; ponha pressão e intensifique um pouco o ritmo. Apenas se certifique de ficar fora de seu caminho quando ele contra-atacar e faça você o contra-ataque!

Mantenha tuas mãos ocupadas
quando ele estiver ocupado se movendo.

 

Gire lateralmente

Eu creio que esta seja a melhor manobra contra um ducker e a que não é frequentemente utilizada. Funciona melhor se estiver perto de seu oponente mas se estiver mais longe poderá usar movimentação lateral em seu lugar.

Bem, funciona assim: no momento em que você ver o oponente pendular ou se abaixar, apenas gire em torno dele e isso facilmente anula qualquer contra-ataque que ele tenha pra você e também o deixa vulnerável a socos e perdendo base/equilíbrio. Tente com um parceiro se abaixando e verifique se ele pode girar em volta de você ou usar jogo de pernas enquanto está abaixado.

Vê como é difícil usar qualquer jogo de pernas enquanto o corpo está inclinado? É o seguinte: o oponente que está sempre se abaixando ou pendulando (ducking) não tem muita habilidade para movimentação de pernas. Eles podem mover seu tronco pra cima e pra baixo rápido e APARENTAREM ser ágeis, mas na verdade seus pés não estão livres. Então o que você tem a fazer é girar em torno deles e aí lançar socos, se apoiar sobre eles, ou tirar seu equilíbrio deixando-os em vulnerabilidade.

Você também não precisa esperar até que seu oponente esteja totalmente inclinado ou pendulando. Até caras que estão sempre espreitando em algum momento o farão lento o suficiente que irá tirar a mobilidade de seu jogo de pernas. Gire em torno deles e os atinja com teu jab enquanto eles estão ocupados sendo cuidadosos no movimento de espreita do teu campo de ação.

Teu oponente não tem jogo de pernas quando se abaixa.

 

Os Diferentes Tipos de Duckers

Há muitos tipos de duckers por aí variando do nível do brigão de rua até o perigoso espreitador com o qual você deve ser cauteloso. Vou falar dos estilos mais gerais que encontrei e as formas de encará-los.

 

Novatos

Não sabem como penetrar na guarda e usar as técnicas adequadas. Eles não ligam para as regras oficiais do boxe amador que não permitem que se abaixe a cabeça abaixo da cintura. Pendulam demais e às vezes desferem golpes em tua cintura . Sempre use o jogo de pernas, ande ou gire em torno deles e tudo bem.

Se você quiser ficar perto: as técnicas de segurar sua cabeça e de se inclinar sobre ele o anularão. Muitos golpes no corpo irão fazê-lo temer ficar abaixados. Se quiser, claro, lance uppercuts quando ele se abaixar.

 

Fujões

Usam todas as manobras de pendulo e abaixamento para evitar a briga. Talvez estejam machucados ou cansados ou até intimidados mas por qualquer razão, fazem de tudo para evitar o contato. Também clincham demais. Parece que toda sequência que eles fazem terminam se abaixando ou clinchando ou alguma outra tática evasiva.

Irritante lutar contra esses caras… a boa notícia é que é fácil vencer se você encarar essa situação. Eles já perderam o desejo de lutar com contato e se guardam no único desejo de sobreviver até o gongo final. Provavelmente não vão praticar socos e as táticas que eles tem é socar de qualquer jeito e fugir de você mais um pouco.

Vamos pensar que você JÁ ESTEJA IRRITADO e queira acabar logo com isso. Tem algumas coisas que você pode fazer para evitar que a luta fique chata. Use muito o jogo de pernas INTELIGENTEMENTE. Sempre que ele investir sobre você, faça pivôs movendo o pé de trás ou trocando de base, e observe-os tropeçarem em seus próprios pés. Evite deixá-los fazer contato com você com os braços ou corpo e verá que eles se cansam rápido se não houver nada para se apoiar.

Há grandes chances desses caras não fazerem contato visual, então você tem todo o tempo do mundo para lançar aqueles socos nocauteadores. Essa falta de contato visual também facilita para que você desfira socos ascendentes e descendentes bem como golpes no tronco E EXPLORAR GOLPES NA ABERTURA DE SUA GUARDA. Tenha em mente que esses fujões estão sempre procurando evitar apenas os golpes mais pesados mas nem tanto aqueles mais leves. Provavelmente você poderá usar jabs para nocauteá-los facilmente. Apenas seja paciente ao invés de ficar “sedento de sangue” tentando dar um golpe fulminante. Use sequências rápidas de golpes e lance os mais fortes apenas quando tiver certeza de que possa derrubá-los.

 

Lutadores agressivos – Pegadores

Talvez sejam os mais irritantes e perigosos duckers. Há algo na forma de sua cabeça, pescoço e ombros são desenhados que os permite pendular facilmente. E parece que todo soco que desferimos delicadamente escorrega por seus ombros e costas. Assusta lutar contra esses caras porque erramos muitos golpes e levamos muitos contra-ataques.

Primeiro de tudo, controle muito bem a cabeça dele! Você não pode deixá-lo mover a cabeça livremente mas ao mesmo tempo não pode cometer o erro de ficar mandando golpes em sua cabeça. Mantenha uma luva controlando sua cabeça e jogue muitos golpes em seu corpo. Sequências rápidas também funcionam legal. Se quiser começar a atingí-lo, foque no peito para aí trabalhar o caminho para acertar a cabeça sem erros.

 

Trapaceiros

Esses são os mais técnicos e difíceis de lutar. São lutadores que amam flutuar na tua frente. Alguns deles ainda vão soltar as mãos para te atrair a golpear sua cabeça. Também fazem incríveis fintas de cabeça e tem compreensão muito boa dos instintos de movimento do adversário. Eles sabem como evitar combinações de golpes e quando estão no comando, podem ser os mais difíceis oponentes para acertar.Você vai errar, errar, errar, e engolir centenas de contra-golpes. Até se eles não te revidarem os golpes, você pode se sentir frustrado e desistir de teu jogo… o que os deixa no controle da luta.

Há várias maneiras de abordar um “trapaceiro” ou se preferir, um “liso”. Isso realmente dependerá de como eles se comportarão. Alguns são mais “abobalhados” e usam movimentos desajeitados para quebrar seu ritmo e fazer você adivinhar seus movimentos. Outros são exímios, ultra-escorregadios, que sabem esquivar e se esgueirar de tudo o que você faça fazendo com que você se sinta o desajeitado.

Quando você sentir que está no jogo dele, não vá em frente para socar, dê um passo atrás. Ou ande em volta. Faça-o recomeçar e voltar a você. Transforme numa luta movimentada na qual eles não podem ficar de bobeira na tua frente. Lance o jab e mova-se, mantenha-se fazendo pivô e movendo em volta deles. Faça-os se mexer para te acompanhar. Não vá à eles, faça-os vir. Se vierem te contra-atacar, faça-os golpear e se porem em risco de serem contra-atacados por você, ao invés de facilitar para eles indo sempre para o espaço deles.

Mantenha os jabs em seu rosto ou seu peito (se ele mexe muito a cabeça). Não seja sempre tão reacionário. Aplique alguns truques teus. Defina tuas jogadas ao invés de ficar somente resolvendo os que eles te apresentam. Faça tuas armadilhas! Não fique somente experimental porque errou algumas poucas vezes. Fique ativo e agressivo. Quanto mais passivamente agir, mais tempo ele terá para fazer armadilhas e quanto mais defensivo você ficar apenas afastará de si mesmo as oportunidades de ataque.

Esteja confortável em lançar apenas um soco por vez. Não é o ideal mas serve bem. Você deve lançar um bom hook ou um contra-cruzado de vez em quando. Esteja pronto a desferir um ou dois socos por vez. Isso deve virar uma chata luta de toquinhos. Não tente entrar numa luta de sequências de 4, 5 golpes. Com esses caras, ficamos mais vulneráveis quando tentamos estabelecer um ritmo e ele usa para scar seu timing e contra-golpear.

boxing ebook Advanced Boxing Techniques A Dieta de 30 Dias dos Lutadores
Aprendeu alguma coisa? Compartilhe!



2 Comentários

Kalil Bentes junho 5, 2016 às 5:11 pm

Mais um grande texto com muitas informações colhidas no ringue! Parabéns Johnny Nguyen!

Resposta

Jefferson Barros setembro 5, 2016 às 7:26 am

Não gostei, eu sou um ducking kkk
Brincadeira, cara, muito bom seu texto, isso me ajudou a ter atenção mesmo quando estou “por cima” na luta, onde no errar quando estou acertando, porque, sempre sobra um espaço. Parabéns

Resposta

Deixe um Comentário

Compartilhe sua opinião com outros boxeadores. Por favor, seja respeitoso.
Emails nunca serão publicados ou compartilhados.
Quer seu próprio avatar nos comentários? Faça um Gravatar!

Post anterior:

Post seguinte:

Copyright © 2008-2013 Como Boxear | ExpertBoxing. All rights reserved